12 coisas que você (talvez) não sabe da arte de beijar | Vida

Por que beijamos de olhos fechados?

Rate this post

Há os de filme, debaixo de chuva, os da reconciliação, os amorosos…e os mais apaixonados.

A idéia de comemorar, surgiu a raiz do beijo mais longo da história (atenção) durou 58 horas, 35 minutos e 58 segundos. Se deram um casal tailandês em 2013 (o mesmo que um ano antes se beijou durante mais de 46 horas), e desde então temos uma desculpa a mais para comerle beijos a cada 13 de abril. Mas, você sabe o que significa o termo beijar? Pois vem do latim basiare e quer dizer tocar com os lábios.

Outra curiosidade, por que beijamos de olhos fechados? Basicamente, é um ato reflexo, já que custa-nos a focar a tão curta distância, mas também esconde o seu lado sentimental. E é que quando beijamos, e fechamos os olhos, nos concentramos muito mais no contato de nossos lábios com os seus e se amplificam outros estímulos.

E alguma vez você já se perguntou como é o melhor beijo? Atenção! Aqui vai o top 5 dos espanhóis, de acordo com o estudo LoveGeist de TNS para Meetic:

1. Com borboletas no estômago, sem dúvida, esses beijos que te dão a sensação de que é algo mais do que um beijo. Esses adoramos.
2. Com frenesi, muito melhor. Sim, nós gostamos de beijos em que se mostra apaixonado.
3. O toque é a chave: É dizer, se a beijá-lo notas que seus lábios tenros e macios, você não pode pedir.
4. E as mãos onde devem. Pois que melhor nos apanhe suavemente a cabeça, enquanto junta seus lábios com os nossos?
5. Com faíscas. E fechando o ranking, nós amamos esses beijos que voam faíscas e é o prenúncio de que poderia dar lugar a algo mais do que um beijo carinhoso.

E os piores? Quais são os beijos que nos lançam para trás, ou que devemos evitar?:
1. Cuidado com a copa mais. Porque, segundo o mesmo estudo, não são muito bem-vindos os beijos que sabem muito a álcool.
2. Os beijos descuidados. Esses não, obrigado.
3. Cuidado com a saliva. Também não são muito bem-vindos os beijos muito úmidas.
4. Em sua justa medida. Os que são tão curtos que mal te dá tempo para se inteirar-se não gostamos.
5. Melhor equilibrados. Nem os beijos muito intensos. O equilíbrio é a chave.

E depois de saber quais são os verdadeiros beijos de filme (e que podem arruinar um momento muito especial), é momento de celebrar o Dia Internacional do Beijo! E se é com a música, muito melhor. Aqui algumas dicas para que vos beséis muito (e bem) com uma boa trilha sonora de fundo:

1. Beija-me muito. Uma das canções mais populares do século XX, escreveu, em 1940, e é obra da pianista e compositora mexicana Consuelito Velázquez. Regravada por inúmeros artistas, é um clássico que nunca falha.
2. Kiss me.O sucesso da banda dos anos 90 Sixpece none the Richer é um dos mais recorrentes para pedir um belo beijo.
3. E o outro Kiss me, mas, de Ed Sheeran.Romantismo em estado puro.
4. I was made for loving you, Kiss. Se você quiser colocar mais ritmo ao momento.
5. Lábios compartilhados. Não podia faltar o tema de Mana por se voltarmos a cair em seus beijos.
6. Kiss me quick, de Elvis Presley. Também não poderia faltar o rei do rock.

E apesar de hoje ser o Dia Internacional do Beijo, você não tem desculpa para comemorar os outros 364 dias do ano!