Quatro pequenos-almoços que são saudáveis | Nutrição

Bom para o coração e ricos em fibra. Adeus, cereais de caixa!

Neste artigo darei 4 super receitas saudáveis e fitness, para você que pretende ter mais saúde e também precisa manter o peso em dia. Também darei uma dica super especial: O Suplemento Alimentar Alfacaps.

1. Sêmola de trigo

Necessita:

2 chalotas cortadas finas (se não tiver, use cebolas normais)
1/2 xícara de caldo de galinha
1 pacote de farinha de trigo
2 ovos grandes
1 rabanete cortado fino
1/2 abacate cortado

Faça assim:

Sofríe as chalotas ou cebola. Adicione o caldo. Hiérvelo. Em uma tigela, mistura a farinha com o caldo. Cozinhar os ovos na frigideira. Cobre-se a farinha com os ovos, o rabanete e o abacate.

466 calorias, 18 g de proteínas, 34 g de hidratos de carbono (6 g de fibra), 30 g de gordura.

 

2. Tigela de frutas com trigo

Necessita:

1/4 de xícara de trigo jogo
1 tangerina 1 kiwi em rodelas
algumas folhas de hortelã

Faça assim:

Misture o trigo com meia xícara de água e sálalo. Revista-o e coloque-o no microondas 5 minutos. Deixe descansar por cerca de 2 minutos. Acrescenta e cobre com a tangerina, kiwi e a hortelã.

269 calorias, 7 g de proteína, 52 g de hidratos de carbono (9 g de fibra), 5 g de gordura.

3. Porridge (papas) de trigo com mirtilos

Necessita:

½ Xícara de mirtilos
1 jacto-de-mel
2 colheres de sopa de mingau de trigo
2 punhados de nozes torradas pecanas
2 colheres de sopa de creme de leite leve
um pouco de sal

Faça assim:

Em uma panela, misture os mirtilos, 1 xícara de água e sal. Ferve até que se abram os mirtilos. Adicione o mel e o porridge (papas) de trigo. Desligue o fogo. Remove. Serve com as nozes e o creme de leite.

327 calorias, 6 g de proteínas, 47 g de hidratos de carbono (5 g de fibra), 14 g de gordura.

4. Farelo de aveia com proteína

Necessita:

½ Xícara de flocos de aveia
½ Copo de leite
2 colheres de sopa de proteína de whey de chocolate
1 banana cortada em rodelas
½ Xícara de mirtilos

Faça assim:

Misture os flocos, o leite e a proteína em pó. Cobre e deixe-o na geladeira a noite toda. Pela manhã, retire a tampa e aquece a aveia no micro-ondas durante 1 minuto. Adicione a banana.

432 calorias, 22 g de proteínas, 72 g de hidratos de carbono (9 g de fibra), 9 g de gordura.

5. Suplemento Alimentar a Base de Psylium – Alfacaps (Para Emagrecer Saudável)

A ultima dica que darei nesta publicação, é sobre um suplemento alimentar natural a base de Agar Agar, Spirulina e Psyllium. Sua composição garante uma suplementação natural e saudável, tanto para quem precisa emagrecer como para pessoas que buscam ter mais saúde física.

alfacaps

Onde Comprar Alfa caps com Seguraça?

Alfacaps não pode ser encontrado em qualquer lugar, como Farmácias ou Mercado Livre. Ele somente é vendido pelo site oficial do fabricante.

Combate as alergias | Saúde

O que você precisa saber para se esquecer de olhos vermelhos, coceira e espirros.

Combate as alergias

Segundo dados da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SEAIC), um em cada cinco espanhóis sofre de alergias. O motivo de seus espirros é muito simples: o seu sistema imunitário se depara com uma substância inócua (o pólen, por exemplo), a classifica erroneamente como uma ameaça… e lança um contra-ataque desmedido em forma de muco e coceira, entre outros.

TODA A CULPA É DO MALDITO PÓLEN: O FALSO!

O certo é que o polvilho primavera mais odiado é apenas o responsável por 31,5% das alergias.

O QUE VOCÊ PODE FAZER

Se o pólen se mata, tenta passar o menor tempo possível fora de casa, entre maio e junho. Durante esses meses polinizam as gramíneas, os polenes mais alérgenos e de maior distribuição no nosso país. Claro que o problema é que, na costa mediterrânea da zona de perigo se estende desde março até novembro. Para não falar de outros pólens cada vez mais presentes, como o da banana sombra, que sujam o ambiente entre março e abril.

O resultado desta polinização quase perpétua? “É Cada vez maior o número de pacientes que são alérgicos a vários pólens, apresentando sintomas quase perenes”, afirma o doutor Francisco Feio Brito, coordenador do Comitê de Aerobiología da SEAIC. Felizmente, a solução está em suas mãos. Faça caso do conselho de Feio Brito: “É muito importante seguir o tratamento de manutenção até que se complete a polinização das plantas em que o paciente é alérgico”

Segundo dados da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SEAIC), um em cada cinco espanhóis sofre de alergias. O motivo de seus espirros é muito simples: o seu sistema imunitário se depara com uma substância inócua (o pólen, por exemplo), a classifica erroneamente como uma ameaça… e lança um contra-ataque desmedido em forma de muco e coceira, entre outros.

TODA A CULPA É DO MALDITO PÓLEN: O FALSO!

O certo é que o polvilho primavera mais odiado é apenas o responsável por 31,5% das alergias.

O QUE VOCÊ PODE FAZER

Se o pólen se mata, tenta passar o menor tempo possível fora de casa, entre maio e junho. Durante esses meses polinizam as gramíneas, os polenes mais alérgenos e de maior distribuição no nosso país. Claro que o problema é que, na costa mediterrânea da zona de perigo se estende desde março até novembro. Para não falar de outros pólens cada vez mais presentes, como o da banana sombra, que sujam o ambiente entre março e abril.

O resultado desta polinização quase perpétua? “É Cada vez maior o número de pacientes que são alérgicos a vários pólens, apresentando sintomas quase perenes”, afirma o doutor Francisco Feio Brito, coordenador do Comitê de Aerobiología da SEAIC. Felizmente, a solução está em suas mãos. Faça caso do conselho de Feio Brito: “É muito importante seguir o tratamento de manutenção até que se complete a polinização das plantas em que o paciente é alérgico”

HÁ MAIS ALERGIAS POR NOSSA OBSESSÃO POR LIMPEZA: O VERDADEIRO!!!!… E FALSO!

O nosso sistema imunológico está preparado para atacar violentamente a vírus e bactérias, mas, nos últimos anos, a nossa obsessão por limpeza e a nossa preferência por antibióticos lhe foi tirado muito trabalho de cima, produzindo um inesperado efeito colateral.

O QUE VOCÊ PODE FAZER

Não faz falta que a partir de agora fuja do chuveiro como a peste… Simplesmente, a próxima vez que o seu médico lhe prescrever um antibiótico, pergunte se é absolutamente necessário. Se o seu sistema imunitário é forçado a empregar a fundo contra os invasores, pode ser que com o tempo comece a prestar menos atenção aos alérgenos. Outro truque: come mais alimentos com fermentos, como o chucrute ou o kefir. Estão carregados de bactérias benéficas que potenciarão o seu sistema imunitário.

VOCÊ É ALÉRGICO E NÃO O SABES?: O VERDADEIRO!!!!

Nariz entupido, muco, olhos vermelhos… Os sintomas da rinite se parecem tanto com os do resfriado comum que, muitas vezes, acabamos confundindo uma alergia com um simples constipado. O problema, amigo, é que o frio não vai predisponerte a sofrer de sinusite, infecções do ouvido médio ou até mesmo asma e de alergias não tratadas, sim.

O QUE VOCÊ PODE FAZER

Tomar boa nota da receita do doutor José Manuel Barceló para descobrir de uma vez por todas que seu nariz está acontecendo em seu nariz:

Constipação

Alergia

Antecedentes alérgicos

Não frequentes

Frequentes

Outras alergias associadas

Não frequentes

Frequentes

Duração

Não mais de uma semana

Semanas ou meses

Apresentação

Pouco a pouco

Bruscamente

Febre

Pode produzi-la

Muito raro

Muco

Mais espesso e amarelo-esverdeado

Mais líquido e claro

PÕE-TE À PROVA

Você deve visitar o alergistas?

Sim, sempre que tiver sintomas de asma, rinite, conjuntivite, dermatite atópica, urticária, edema ou inchaço, sintomas digestivos de dor, vómitos ou diarreia, ou reações com alimentos, medicamentos ou picadas. De todas formas, tenha em conta que nem todas as pessoas que apresentam esses sintomas sofrem de alergia. Redobra suas suspeitas se são intensos, frequentes e duradouros, ou se você notar uma relação clara entre tocar, respirar ou comer alguma substância suspeita e o aparecimento dos sintomas.

Quais testes ma vai asometer?

Certamente, uma em pele (testes cutâneos por picada) com diversos alérgenos, para descobrir qual deles você está amargurando a vida. Também é provável que seu especialista te pedir um exame de sangue para conhecer sua predisposição a ter alergias (que costuma ser hereditária). Se os resultados não acabam de convencer, é possível que se submeta a testes de exposição, provocação ou tolerância. Tranquilo: todas são absolutamente indoloras (apesar de um pouco chato).

Os medicamentos influenciam as provas?

Pois sim. Alguns medicamentos podem alterarlas, começando pelos anti-histamínicos, que são usados para combater a constipação, prurido, insomnios, sintomas… e alergias. Para evitar resultados errôneos, quando você submeter-se às provas não se esqueça de dizer a seu alérgolo todos os medicamentos que você está tomando neste momento.

Cepíllate como um profissional | Saúde

Aperfeiçoa a tua técnica e ganhará em saúde. Garantido

CORRIGE O ÂNGULO

Os dentistas recomendam a “técnica de Bass modificada“. E é algo em que todos os especialistas coincidem em que recorremos. “Com a escova manual deverá inclinar 45º e realizar um movimento de varredura vertical da gengiva para fora pela frente e por trás dos dentes, e a circular sobre a superfície masticatoria“, garante a doutora Cristina Álvarez, Creu Branca. “Com a escova elétrica você tem que fazer um movimento circular por todas as superfícies dentais“. Sustento a escova com uma inclinação de 45º contra a linha das gengivas e move o punho ligeiramente; as porcas não devem se mover muito.

CUIDA DA LÍNGUA

Vá percorrendo assim toda a boca, sem deixar nenhuma área, nem mesmo a superfície lingual das gengivas. “Também não há que esquecer a língua“, observa a doutora Álvarez. “Além da escovação, use um limpador lingual e, finalmente, lave com um colutorio adequado para o seu tipo de dentes“, aponta.

PEGUE A ESCOVA COM SUAVIDADE

Se você aplicar uma pressão excessiva ou uma técnica inadequada como é a de varredura (ou seja, movimentos de frente para trás), podem produzir desgastes na gengiva e o dente, deixando à vista as raízes dentárias que chamamos de recessões“, aponta Afonso Oteo, de Periocentrum Segóvia. Solução: deixe de segurar a sua escova, como se fosse uma raquete de tênis. O Dr. Oteo recomenda “agarrar o punho como um guiador estendendo o dedo polegar para as cerdas da escova“.

LIMPA A ESCOVA

Embora alguns estudos apontam para o micro-ondas como o instrumento ideal para a limpeza da escova, o doutor Afonso Oteo preferir o método tradicional. “É um pouco complicado limpar a escova no microondas 3 vezes ao dia”, garante. “Algo que pode produzir que se funda o mango não parece que faça muito sentido“. Como diz Cristina Álvarez, o mais importante é lavar bem a escova sob a torneira e não salvá-lo com a tampa de protecção. “A umidade favorece o aparecimento de bactérias”, diz. “Daí que a secagem seja tão importante“. Algumas marcas como a Philips vendem escovas dentais elétricas com higienizador com raios UV, “o que elimina as bactérias e são muito eficazes“.

USE UMA ESCOVA ELÉTRICA

Com as escovas elétricas reduz a placa e previne a gengivite melhor do que com os manuais de usuário, de acordo com um recente estudo norte-americano. Opte por um que tenha temporizador interno. Cepillándote durante 2 minutos elimina 26% a mais de placa do que com 46 segundos, que é o tempo de escovagem meio.

O SUBSTITUTO DO FIO DENTAL

O fio dental não é o único meio para se chegar entre os dentes –nem tem que ser o melhor–. Existe um moderno engenhoca chamada escova interdental e que é mais eficaz do que o fio na remoção da placa entre os dentes, de acordo com um recente estudo publicado no Evidence-Based Dentistry.

PASTA PARA DENTES SENSÍVEIS

O NovaMin é um tipo de vidro bioactivo que contribui para a reparação dos túbulos do dente que causam a sensibilidade e que também pode ajudar a remineralização dos dentes, de acordo com alguns estudos publicados no “Journal of Clinical Dentistry” e o “Australian Dental Journal”, respectivamente.

Protege o teu estômago | Prevenção

As coisas que fazem mal ao seu estômago e as que se beneficiam.

Marcos Garcia é um advogado de madrid, de 27 anos. Bem, esse não é o seu verdadeiro nome. Eles preferem comer ao p manter o anonimato, pois sofre de problemas gástricos, que incluem diarréia, gases e dores agudas. “Não posso agendar reuniões antes das 10 da manhã, porque o meu estômago fica louco após o café da manhã”, lamenta.

A vergonha e desconforto costumam passar, mas só depois de ter conseguido evacuar. E o seu caso não é o único: os problemas digestivos podem alterar o funcionamento do estômago de qualquer um.

Assim como a pele, as paredes do estômago entram constantemente em contato com o mundo exterior agressivo. Quando esta camada protetora não absorve as substâncias úteis ou não bloqueia as substâncias nocivas, todo o organismo se põe em perigo. Temos falado com os melhores gastroenterólogos para saber o que deve fazer para acalmar a besta, que ruge em seus intestinos. Comece respondendo às seguintes perguntas:

O consome bastante fibra?

Por que é importante? A fibra acelera o trânsito intestinal e, portanto, facilita a eliminação de resíduos. Além disso, “fornece energia para que o cólon trabalhe adequadamente e favorece o aparecimento de probióticos, ou seja, as bactérias saudáveis que facilitam o funcionamento intestinal. Além disso, é de grande ajuda na hora de perder peso, já que proporciona sensação de saciedade”, explica o Dr. Miguel Bixquert, chefe do Serviço Digestivo do Hospital Arnaldo de Vilanova (Valência), além de porta-voz da Sociedade Espanhola de Patologia Digestiva.

Como passar no exame? Procura consumir entre 25 e 30 gramas de fibra por dia. Para isso, inclui em sua dieta diária de frutas, legumes e, pelo menos, dois litros de água. “Trigo, milho, cevada, aveia, frutas e legumes são indispensáveis para o bom funcionamento digestivo. Lembre-se que não há comida ?bons? ou ?maus? e que uma alimentação equilibrada é a melhor receita para se sentir bem por dentro e por fora”, comenta o Dr. Bixquert. Na verdade, você não tem que mudar sua dieta de cima para baixo. Basta com pequenas alterações. Por exemplo, em vez de pedir uma pizza com carne, opte por outra com legumes. “Há que procurar os alimentos naturais que, além de fibra, fornecem vitaminas e certos nutrientes que os suplementos alimentares não têm”, acrescenta.
Contra-indicações: O corpo humano, ao contrário dos animais herbívoros, não foi projetado para digerir a fibra. A ingestão excessiva desta, pode causar cólicas, flatulência e inchaço. De acordo com o doutor Bixquert, se você não está acostumado a comer fibra em abundância, começa com pequenas doses e auméntalas progressivamente: “Tomar sucos com polpa ou comer fruta de sobremesa pode ser um bom início”.

O Tomas prebióticos e probióticos ao mesmo tempo?

Por que é importante? Os probióticos são microorganismos vivos que ajudam a fazer a digestão, como por exemplo as bifidobactérias ou os lactobacilos, que são encontrados em produtos lácteos. Mas para tirar o máximo partido, precisa de prebióticos, como a fibra, presente em muitos alimentos. Estes resíduos não digeridos, são fermentados no cólon e favorecem a proliferação dos probióticos. “A combinação de probióticos e prebióticos dá lugar aos concorrentes. Adicioná-los à sua dieta diária, permite a manutenção de uma flora intestinal saudável”, diz o Dr. Bixquert.

Como passar no exame? Além de probióticos, consome regularmente alimentos ricos em prebióticos, como o alho-poró, a cebola, o alho, as endivias, de beterraba ou de banana. “Não há razão para recorrer a suplementos alimentares. Os produtos naturais oferecem o melhor para o seu organismo”, comenta o especialista.

Contra-indicações: Na realidade, não há efeitos colaterais graves e, portanto, nenhuma razão para alarmar, mas, segundo o Dr. Bixquert, passar com os prebióticos pode causar flatulência. Tu mesmo.

Você toma antibióticos apenas quando você o necessita?

Por que é importante? Os antibióticos têm como missão livrar-se de agentes infecciosos indesejáveis, mas também levam a danos colaterais. “Os antibióticos afectam a flora intestinal e o intestino grosso. Como não distinguem entre as bactérias boas e más, o medicamento também matará os probióticos”, explica o Dr. Ricardo Moreno, Chefe de Serviço Digestivo do Hospital Universitário Da Princesa de Madrid. Dito de outro modo: quando você vai ao banheiro enquanto você toma antibióticos, como andar ou correr? “Estes medicamentos podem provocar inchaço e diarreia, sintomas claros de que a sua flora intestinal foi danificada”, explica o Dr. Moreno.

Como passar no exame? “É importante tomar antibióticos apenas quando realmente precisar. E convém vigiar muito bem a dose e o tipo de medicamento de acordo com a idade e estado de saúde do paciente”, aconselha o Dr. Moreno.

Contra-indicações: Devido a que o antibiótico aniquilação qualquer tipo de bactéria viva, é indispensável tomar probióticos ao terminar o tratamento para ajudar a flora intestinal a se recuperar.

O Tomas antiácidos frequentemente?

Por que é importante? A acidez, surge quando o conteúdo do estômago retornam ao esôfago. E quando essa sensação de queimação na parte baixa do peito e sabor amargo na garganta, não te deixa em paz, é normal que quiser atiborrarte de “Almax” e outros medicamentos semelhantes. A questão é que o ácido talvez não tenha culpa de sua acidez. É mais, se você passa mais de duas vezes por semana, pode tratar-se da doença do refluxo gastroesofágico. O problema está na válvula que separa o esôfago do estômago, já que neutralizar esse ácido pode danificar o estômago. O ácido do estômago está lá por uma razão: para controlar as bactérias vivas do que comemos. “A maioria dos pacientes que têm refluxo têm excesso de peso ou que têm hérnia de hiato. Em vez de antiácidos o mais aconselhável, é fazer um estudo de acordo com o caso, como a endoscopia, ph-metría ou manometría”, afirma Moreno.

Como passar no exame? “A acidez guarda relação com o excesso de peso, o tabaco e o álcool. Descarte esses fatores, em vez de um antiácido se recomendam antisecretores, que reduzem a produção de ácido e aceleram o esvaziamento do estômago. E um estômago vazio não refluye ao esôfago”, explica o Dr. Bixquert.

Contra-indicações: Tomar antiácidos como se fossem doces é ruim. Devido a que o sódio aumenta, pode afetar as pessoas com hipertensão arterial. Alguns antiácidos provocam diarreia ou prisão de ventre e outros impedem a absorção de cálcio. Se a acidez forma tristemente parte de sua vida, o melhor conselho é que consulte o seu médico.

Você toma analgésicos quanto sentir o mínimo de dor?

Por que é importante? Os anti-inflamatórios não esteróides, como a aspirina e o ibuprofeno, são kryptonite para o estômago. De acordo com o doutor Bixquert, metade das pessoas que estão por uma hemorragia do estômago ou do duodeno tomaram anti-inflamatórios. Mesmo entre 20 e 25% das pessoas normais, que tomam aspirina sofrem lesões microscópicas de estômago; se isso se repete, as lesões podem derivar
em uma úlcera.
Além da dor e do sangramento que provocam, as úlceras podem deformar-se e gerar cicatrizes no estômago. Uma perfuração, por exemplo, é um buraco que atravessa todas as paredes do estômago até a cavidade abdominal, e você não quer que seu almoço termina aí. As perfurações podem ser muito graves e requerem cirurgia.

Como passar no exame? Muda a tramadol ou paracetamol que não prejudiquem o tubo digestivo, mas, isso sim, podem provocar prisão de ventre. “O ideal para proteger o estômago, nestes casos, é usar um inibidor da bomba de protões (por exemplo, omeprazol”, propõe-se o dr. Moreno.

Contra-indicações: Se os anti-inflamatórios analgésicos, como o ibuprofeno se combinam com outros medicamentos, como os antidepressivos, a lesão potência. “Embora o paracetamol é o que menos prejudica o estômago, misturado com álcool, pode ser hepatotoxico. Há dores menores que não precisam de medicamentos, e o ideal antes de recorrer a medicamentos é refletir se deve ao excesso de álcool, o stress ou falta de sono”, finaliza o doutor Bixquert.

Blat, o doutor cão | Saúde

Este animal, uma mistura de labrador Retriever e Pitbull, detecta o câncer de pulmão com seu olfato

Não leva bata branca, apresenta-se-lhe apenas com um colar, mas seus dotes para o diagnóstico veio ridículo o próprio Dr. House. Blat é um cão que foi adestrado para detectar o câncer de pulmão, e suas taxas de acerto são altíssimas: 95%. Sua “consulta” está localizada no Hospital Clínic de Barcelona e seu método consiste em sentir o cheiro do hálito do paciente, como pudemos ler no pelotão Da frente.

Este cruzamento entre um labrador Retriever e Pitbull levou apenas seis meses para adquirir a capacidade para farejar doenças. O método que foi empregado foi o do reforço positivo. Quando Blat olisqueaba uma amostra de lã que tinha exalado um doente de câncer, lhe dava comida. Quando a amostra é proveniente de uma pessoa saudável, o can ficava sem ágape.

Em seu treinamento, ele também aprendeu que quando recebia a comida devia sentar-se. E este é o modo em que dita normas para o diagnóstico: quando se sentir é que a amostra provém de um paciente que desenvolveu câncer. O avispado cão, que havia sido abandonado quando tinha 11 meses, demonstrou a sua fiabilidade, com amostras de pessoas fumam, não fumam, de qualquer idade ou gênero. Blat não é fácil de se enganar pode, inclusive, detectar pequenas lesões cancerígenas.

O projeto do qual faz parte Blat, cujos resultados foram apresentados no European Journal of Cardio-Thoracic Surgery não tem a intenção de formar uma geração de médicos peludos. Seu objetivo é encontrar um método rápido e eficaz de diagnóstico precoce deste tipo de câncer. E a chave para isso é a respiração dos pacientes.

No ar encontram-se cerca de 3000 moléculas das quais apenas uma dezena podem fornecer informações sobre se tem ou não a doença. O nariz de Blat é capaz de descobertas e, agora, os investigadores terão que desenvolver um teste que possa atuar como um nariz eletrônico tão fiável como a do animal. E é que os médicos que viram o seu companheiro quadrúpede em ação asseguram que a capacidade de seu olfato (e os cães em geral) é superior à da tecnologia de que se dispõe atualmente.

Identificar precocemente os tumores malignos de pulmão é o cavalo de batalha dos oncologistas. 75% dos casos são descobertos quando a doença já está avançada e, portanto, o prognóstico é muito pouco elogioso. Os progressos de Blat ter aberto uma nova linha de pesquisa que tentará reverter esses números.

Assim pode se tornar um doador de medula | Saúde

Como você participa da onda de solidariedade que tem despertado Paulo Ráez?

O que é o transplante de medula óssea?

“O transplante de medula óssea é indicado como tratamento em diferentes doenças hematológicas tanto malignas quanto benignas”, indica o doutor Rafael de Lima Barreto, médico especialista em Hematologia e Hemoterapia, pesquisador de Câncer Hematológico no Instituto de Pesquisa de Saúde BioCruces e especialista de Doctoralia. “Implica, em muitos casos, a única alternativa de cura”.

“Falando em termos casuais, o paciente que recebe o transplante deve primeiro receber um tratamento quimioterápico para deixar sua medula óssea -tumoral – a zero, isto é, o mais limpa e vazia possível”, explica a doutora Ana Isabel Gallardo Morillo, hematóloga do Hospital Vithas Parque San Antonio de Málaga e especializada Doctoralia. “Depois disso, recebe uma espécie de transfusão com as células da medula óssea do doador, que deve assimilar o seu corpo e começar a funcionar como própria em várias semanas, se tudo correr bem”.

Não foi o caso de Paulo Ráez, cujo corpo rejeitou o transplante duas vezes.

Quais são os tipos de transplante?

“Existem dois tipos de transplante de medula”, esclarece Rafael de Lima Barreto. “As células podem proceder do mesmo paciente (transplante autólogo) ou de um doador (transplante alogénico) e podem ser obtidas a partir de sangue periférico, através de um processo chamado aférese, ou diretamente da medula óssea”.

“Para os transplantes alogénicos, é muito importante que o doador seja compatível com o receptor”, destaca a doutora Ana Isabel Gallardo. “A primeira coisa que se busca é um possível doador dentro da própria família, mas, infelizmente, o suporte familiar só tem lugar entre 20-30% dos casos, o que significa que em 7 e 8 de cada 10 casos, é necessário encontrar um doador não aparentado. Esta pesquisa é feita através do registro de doadores que temos a nível nacional e internacional. Por isso, quanto mais pessoas tiver inscritas, maior é a probabilidade de encontrar um doador compatível”.

Como pode se tornar um doador de medula?

A donanción de medula óssea é voluntária e altruísta. Tudo é maior de idade e menos de 55 anos, que disponha de um bom estado de saúde e não sofra de qualquer doença transmissível (como HIV ou hepatite B ou C) pode ser doador. “Não se trata de um transplante de órgão sólido, como pode ser, por exemplo, um fígado, coração ou rim; o que significa, que não requer uma intervenção cirúrgica ou realizar-se na sala de cirurgia”, esclarece a doutora Gallardo.

Em Portugal, costuma ter um centro especializado ou um serviço de hematologia em cada cidade. Pode consultar o mais próximo a você, no site da Fundação Josep Carreras ou da Organização Nacional de Transplantes.

Se cumprir os requisitos, deverá preencher um formulário co seus dados e assinar um consentimento. Depois, você terá que fazer um exame de sangue, para realizar os estudos de identificação genética (HLA). Os resultados serão gravados no Registo Português de Dadores de Medula Óssea (REDMO) e, por sua vez, na Rede Mundial de Doadores. O processo de doação é coordenado pelo Ministério da Saúde, Serviços Sociais e Igualdade, através da Organização Nacional de Transplantes.

No caso de surgir um paciente compatível, você será avisado e se se repetir a análise. Se o doador dá o visto bom e não há nenhuma contra-indicação, nesse momento (isso pode ocorrer muitos anos após se tornar doador), começará o procedimento necessário para o transplante.

O final desse processo pode ser salvar uma vida. Como se associar ao legado de Paulo?

ASMR: assim é um ‘orgasmo cerebral’ | Saúde

Sim: essa sensação de agradável frio que se sobe pela coluna tem um nome.

É muito provável que tenha sentido alguma vez, embora não lhe tenha dado nome. A sensação é parecida com a do orgasmatrón, essa espécie de aranha com pernas flexíveis de cobre que serve para massagear o couro cabeludo e que, muitas vezes, provoca um arrepio pela coluna ou até mesmo os dedos dos pés. A provocam estímulos sonoros, como o toque dos dedos ou o repiqueteo de unha sobre uma superfície, o crepitar da lenha a arder, o barulho de um papel ao desenvolver um presente, o estalo de um invólucro de plástico, as folhas de um livro ao passar, uma escova a deslizar ao longo de um cabelo, o som de um teclado de computador…

É conhecido como ASMR, sigla do inglês Autônoma Sensory Meridian Response (Resposta Sensorial Meridiana Autónoma) e, embora não seja um tema ao que a ciência tenha dedicado atenção até agora, foi acionado toda a revolução no You Tube, que já conta com milhares de vídeos, canais especializados e até um pequeno star system do ASMR.

Maria, com seu canal GentleWhispering, é uma boa prova disso. É uma menina russa com sede em Maryland (Estados Unidos), que se tornou uma das visualizações e foram lançados de ASMR mais célebres, com mais de 88 milhões de visitas em seus vídeos relaxantes, alguns dos quais constam de um role play , onde se disfarça de bibliotecas ou de uma aeromoça. Até a Fox foi entrevistado! Mas a coisa não vai só de meninas. Este misterioso francês que só ensina as mãos (e, às vezes, a boca) também conta com milhares de seguidores.

O ASMR (que deve-se ouvir com os fones de ouvido, com calma e em silêncio) triunfou tanto, porque está associada a sensações de conforto, bem-estar e relaxamento. Mesmo ajuda a muitos sem sono a conciliar o sono. Embora com freqüência se conheça como orgasmo cerebral, na verdade, não está relacionada com o sexo, salvo pelo fato de que produz prazer. A sensibilidade a este tipo de sons geralmente autodetectarse, por acaso, na infância, enquanto, por exemplo, passam-se as páginas de um conto.

Você não se toca? Tranquilo, você não é um bicho raro. O certo é que nem todo mundo experimenta este fenômeno. De fato, o que a uns lhes provoca calma ou sonho a outros lhes põe nervosos. E de olho! Submeter-se a sessões ASMR com frequência terminar por prevenção a este tipo de sons durante uma temporada.

Embora a sensação não é nova, sua descoberta é relativamente. O nome foi cunhado lá por 2010 este grupo de Facebook. Desde então, a coisa não tem feito mais do que crescer na web. Tanto que algumas grandes empresas já assinaram a esta moda. No verão passado, KFC lançou este vídeo, em que o ator George Hamilton exerce o cargo de Coronel Kentucky, e em que os sons ASMR desempenham um importante papel.

A Pepsi também fez o mesmo no Instagram. E a china marca de chocolates Dove experimentou neste spot com vários tipos de ASMR, desde os sons do invólucro de plástico, até os sussurros ou os petiscos.

Algo fez a marca de crackers Ritz neste spot para o mercado coreano.

O ASMR é toda uma revolução. Se você gosta, entrega-te aos braços. É uma maneira natural e inócua de relaxar ou de conciliar o sono, sem necessidade de recorrer a produtos químicos, mas cuidado que vicia!

Alivia suas queimaduras solares | Saúde

Alguns truques para combater a síndrome do camarão

Vale, quase sempre ignorar todos os conselhos sobre proteção solar. E isso que temos estado dizendo por ativa e passiva do que um bom protetor solar diário é a chave para manter sua pele saudável. Mas agora já não importa. Agora você está queimado, dores e esperando que a queimadura solar desapareça e seja substituído por um bom bronzeado. Isso é o que você tem que fazer enquanto isso.

Toma uma bebida fresca

O primeiro é o primeiro: você tem que mantê-lo hidratado. E quando dizemos bebida fria dizemos, na verdade, água. O que se trata é de voltar a hidratar o corpo. A radiação solar sobre a sua pele impede uma correcta hidratação do organismo. Beber água durante uma semana vai ajudar o processo de cura.

RELACIONADO:Fotografe assim o sol de verão

Luta contra a inflamação

Se te dói, toma um analgésico. Mas é melhor tomar um com propriedades anti-inflamatórias. Por exemplo, ibuprofeno. Os medicamento com propriedades anti-inflamatórias ajudam a reduzir a inflamação, de dentro para fora. Isso significa que ajudarão a reduzir a vermelhidão e a sensibilidade da queimadura, por isso que você vai se sentir melhor ou, pelo menos, ganhará algum alívio temporário.

Aplica-se o leite frio

As coisas frias-lhe sentir-se bem à sua pele. Duchas frias, um pano frio e úmido. Até mesmo o leite frio. As proteínas do leite ajudá-lo a cobrir e acalmar a pele inflamada. E se você, que seja leite desnatado: a presença de proteínas é maior.

Faça assim: em uma tigela, mistura o leite desnatado com cubos de gelo e embebendo um pano na mistura. Aplicada sobre a pele, e deixa-se repousar durante 10 minutos.

Hidrata (com os ingredientes corretos)

Precisa de um produto de aplicação tópica. A chave aqui reside em evitar cremes hidratantes que contenham petróleo, benzocaína ou lidocaína. Tenha em conta que os produtos que contêm petróleo prendem o calor na sua pele (exatamente o oposto do que você precisa), enquanto que os outros dois ingredientes são irritantes.

Em vez disso, usa aloe. É um clássico para este tipo de problemas. E funciona. Se você se machuca muito, você também pode usar um creme com hidrocortisona, que pode ajudar a acalmar a queimadura e combater a inflamação e comichão.

Visita a um profissional

Acima de tudo, não revientes das bolhas. E resiste à tentação de tirar a pele. Tenha em conta que a pele o que está fazendo é tentar curar e qualquer contato externo pode piorar a situação e causar infecções. Mas, às vezes, uma queimadura solar pode ser tão grave como para precisar de ajuda. Se as queimaduras e as feridas são generalizadas, visita ao médico ou um dermatologista. Se você começar a sentir febre, arrepios ou náuseas vá às urgências.

E para a próxima lembre-se a palavra mágica: protetor solar.

Relacionado Não se quemes

Acelera sua recuperação | Lesões

Seguimos muito de perto a lesão e posterior recuperação de Álvaro Bautista, Campeão do Mundo de motociclismo em 125cc e atualmente piloto de MotoGP Qual foi o segredo de sua recuperação?

Calendário de uma recuperação

18 de março

Álvaro tem um acidente nos treinos de sexta-feira do gp do Qatar e sofre uma fratura de fêmur.

19 de março

É submetido a uma operação no Hospital de Doha (Qatar).

23 de março

Por fim, podem levá-lo à Espanha, em avião.

24 de março

Álvaro é operado no Brasil pelo dr. Leão.

25 de março

Começa a reabilitação, exercícios de fisioterapeuta, e começa a usar muletas.

27 de março

Álvaro pode deixar o hospital e voltar para casa.

29 de março

Começam as sessões de câmara hiperbárica (fazer um total de 20 sessões).

1 de abril

Álvaro viaja ao G. P. de Jerez, mas não para competir. Pela primeira vez desde o acidente sobe na moto, mas não a inicializa.

6 de abril

Álvaro caminha, pela primeira vez, sem muletas na piscina do Hospital São José.

7 de abril

A 500 metros de natação, exercícios dentro e fora da água e rolo com a bicicleta.

8 de abril

Começa a andar um pouco sem muletas.

12 de abril

Raio x em que você pode ver que o osso consolida corretamente. São boas notícias: pode treinar a aplicar mais carga sobre o osso. Crescem as esperanças para o Grande Prêmio de Estoril.

13 de abril

Exercício, além de fisioterapeuta e hiperbárica. 1.000 metros de piscina, 1 hora em bicicleta com rolo e exercícios de braços e pernas com fitball e pesos livres. Parece que a perna responde perfeitamente e não se ressente.

18 de abril

Na hora de nadar realiza até 1.400 metros.

19 de abril

Termina com a câmara hiperbárica e a fase de reabilitação, para começar a fase de preparação física.

20 de abril

Primeira etapa com a bicicleta. Pedales 2 horas no dia seguinte.

2 de abril

Aumento de tempo e carga na bicicleta. Estágio de 100kms em 3 horas e 10″.

23 de abril

Natação e ginástica. 2.000 metros na piscina e exercícios para abdominais, braços, rolo e estiramento

25 de abril

Raios x e a primeira prova sobre uma moto em uma pista de kart.

26 de abril

O doutor Leão, vê as radiografias.

1 de maio

Grande Prêmio de Estoril.

15 de maio

G. P. de Le Mans. Álvaro Bautista não fez uma grande corrida, lamentou algum desconforto, mas cumpriu com o seu objetivo. Embora contínua reabilita sua perna, os circuitos já ajudam a esquecer Qatar e dentro de muito pouco o veremos com segurança e em 100% o controle de sua Moto GP.

Acaba com a dor nas costas | Lesões

Teste a sua área dorsal com o seguinte teste. O Que não o ultrapassa? Tranquilo, temos o exercício perfeito para acabar com o desconforto.

Fique a 15 centímetros de uma parede e apoiado contra ela a cabeça, a parte superior das costas e bunda. Levanta os braços em cruz e flexiona os cotovelos em um ângulo reto, como se estivessem apontando com uma arma. Sem separar da parede os cotovelos, antebraços ou o dorso das mãos, baixa os cotovelos tudo o que puder por todos os lados. Junta as escápulas. Para um instante e suba novamente as mãos pela parede o mais para cima possível, desenhando um E com os braços e o corpo.

Você passou no teste?

Parabéns, sua volta está saudável.

Você ainda não passou no teste?

Não acontece nada. Faça 12 repetições com um máximo de 3 vezes ao dia para melhorar a sua postura e a mobilidade dos ombros (deixe-o se sentir qualquer tipo de dor, e recorre a um médico antes de voltar a fazer o exercício).

Você passa muitas horas sentado em frente à tela de um computador? Se a resposta for afirmativa, é provável que suas costas já tenha começado a questionar. É normal: o dor nas costas é uma queixa muito comum entre as pessoas que trabalham sentadas.

Uma boa forma de detectar desequilíbrios no trem superior são os deslizes na parede. Se você não pode fazer o curso completo, significa que você tem costas fraco e os músculos peitorais tensos. Pronto para começar?

Os deslizes na parede são uma boa forma de detectar desequilíbrios no trem superior. Se você não pode fazer o curso completo, significa que você tem costas fraco e os músculos peitorais tensos. – See more at: http://www.menshealth.int/salud/lesiones/articulo/descubre-tu-punto-debil/pagina/2#sthash.5wHY4cAo.dpufLos deslizes na parede são uma boa forma de detectar desequilíbrios no trem superior. Se você não pode fazer o curso completo, significa que você tem costas fraco e os músculos peitorais tensos. – See more at: http://www.menshealth.int/salud/lesiones/articulo/descubre-tu-punto-debil/pagina/2#sthash.5wHY4cAo.dpuf

Fique a 15 centímetros de uma parede e apoiado contra ela a cabeça, a parte superior das costas e bunda. Levanta os braços em cruz e flexiona os cotovelos em um ângulo reto, como se estivessem apontando com uma arma. Sem separar da parede os cotovelos, antebraços ou o dorso das mãos, baixa os cotovelos tudo o que puder por todos os lados. Junta as escápulas. Para um instante e suba novamente as mãos pela parede o mais para cima possível, desenhando um E com os braços e o corpo.

Você passou no teste?

Parabéns, sua volta está saudável.

Você ainda não passou no teste?

Não acontece nada. Faça 12 repetições com um máximo de 3 vezes ao dia para melhorar a sua postura e a mobilidade dos ombros (deixe-o se sentir qualquer tipo de dor, e recorre a um médico antes de voltar a fazer o exercício).